COZINHA DOS PAÍSES DE LINGUA PORTUGUESA

No período colonial, fizeram-se vários ensaios de africanizar a cozinha portuguesa.Em Moçambique, por exemplo, o revitalizar do património culinário contra a adulteração daquela cozinha estranha à cultura e aos moçambicanos, foi timidamente ensaiado nos primeiros anos pós independência.Algumas das receitas divulgadas, então, eram representativas da verdadeira e genuina cozinha moçambicana.A mucapata, o mucuane, a mathapa, o tocossado o frango à zambeziana, o caril de amendoim, são alguns dos pratos a que me refiro e que são subscritos por moçambicanas bem conhecidas na arte de cozinhar.É impossível falar da cozinha moçambicana, omitindo a colonização e a consequente repressão cultural . Disto falaremos, oportunamente.
Entretanto, com a descolonização, todos e cada um dos países pode, também aqui, fazer a sua própria história.
Regressamos ao passado gastronómico, à cozinha tradicional, mergulharemos nas raízes, passaremos pelo presente, questionaremos opções e espreitamos novas influências.
Assim, apostamos na divulgação do que de mais representativo, existe, na cozinha dos países de língua portuguesa.
Gostariamos de contar com a colaboração de todos os que por aqui vão passar.


quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

CALDEIRADA DE BACALHAU, BATATA-DOCE ASSADA E FOLHAS DE SALSA


Ingredientes:
800g bacalhau (cubos);20g toucinho inteiro;2 dentes de alho; laminado
125g cebola laminada ;150g tomate pelado em gomos;100g pimento vermelho pelado laminado;1dl vinho branco;1dl caldo de bacalhau ;0.5dl azeite virgem extra;1 folha de louro; pimenta de moinho q.b.;. sal marinho tradicional q.b;
Guarnição:
800g Batata-doce;q.b. Salsa em folha;. Hortelã em folha q.b;Sal marinho tradicional q.b.
Preparação:
1 - Coloque o toucinho a fundir em azeite, junte pimento, alho, cebola e louro. Molhe com vinho branco deixe ferver e junte o caldo de bacalhau. Quando levantar fervura junte o tomate deixe cozinhar por uns minutos e tempere com sal e pimenta.
Preparação Guarnição:
1 - Tempere a batata-doce com sal e leve a assar em forno aquecido a 180ºC durante 1 hora. Retire a pele, corte em fatias e reserve.
2 - Coloque a batata-doce em rodelas no fundo do tacho, sobreponha o bacalhau e uma porção de molho e leve ao forno.Por fim perfume com folhas de salsa e hortelã.
RECEITA DO CHEFE VITOR SOBRAL

2 comentários:

amor disse...

iam, iam... vou experimentar!
Mas, certamente não vai defraudar as expectativas!

Anónimo disse...

Sim, provavelmente por isso e