COZINHA DOS PAÍSES DE LINGUA PORTUGUESA

No período colonial, fizeram-se vários ensaios de africanizar a cozinha portuguesa.Em Moçambique, por exemplo, o revitalizar do património culinário contra a adulteração daquela cozinha estranha à cultura e aos moçambicanos, foi timidamente ensaiado nos primeiros anos pós independência.Algumas das receitas divulgadas, então, eram representativas da verdadeira e genuina cozinha moçambicana.A mucapata, o mucuane, a mathapa, o tocossado o frango à zambeziana, o caril de amendoim, são alguns dos pratos a que me refiro e que são subscritos por moçambicanas bem conhecidas na arte de cozinhar.É impossível falar da cozinha moçambicana, omitindo a colonização e a consequente repressão cultural . Disto falaremos, oportunamente.
Entretanto, com a descolonização, todos e cada um dos países pode, também aqui, fazer a sua própria história.
Regressamos ao passado gastronómico, à cozinha tradicional, mergulharemos nas raízes, passaremos pelo presente, questionaremos opções e espreitamos novas influências.
Assim, apostamos na divulgação do que de mais representativo, existe, na cozinha dos países de língua portuguesa.
Gostariamos de contar com a colaboração de todos os que por aqui vão passar.


quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

CALDEIRADA DE BACALHAU, BATATA-DOCE ASSADA E FOLHAS DE SALSA


Ingredientes:
800g bacalhau (cubos);20g toucinho inteiro;2 dentes de alho; laminado
125g cebola laminada ;150g tomate pelado em gomos;100g pimento vermelho pelado laminado;1dl vinho branco;1dl caldo de bacalhau ;0.5dl azeite virgem extra;1 folha de louro; pimenta de moinho q.b.;. sal marinho tradicional q.b;
Guarnição:
800g Batata-doce;q.b. Salsa em folha;. Hortelã em folha q.b;Sal marinho tradicional q.b.
Preparação:
1 - Coloque o toucinho a fundir em azeite, junte pimento, alho, cebola e louro. Molhe com vinho branco deixe ferver e junte o caldo de bacalhau. Quando levantar fervura junte o tomate deixe cozinhar por uns minutos e tempere com sal e pimenta.
Preparação Guarnição:
1 - Tempere a batata-doce com sal e leve a assar em forno aquecido a 180ºC durante 1 hora. Retire a pele, corte em fatias e reserve.
2 - Coloque a batata-doce em rodelas no fundo do tacho, sobreponha o bacalhau e uma porção de molho e leve ao forno.Por fim perfume com folhas de salsa e hortelã.
RECEITA DO CHEFE VITOR SOBRAL

CATAPLANA DE BACALHAU

Ingredientes:
4 postas de bacalhau; 8 camarões ;500g amêijoa;3 tomates maduros ;2 cebolas;2 dentes de alho;1 pimento vermelho ;4 fatias presunto;0.5dl vinho Porto;1dl azeite ;1 ramo salsa;1 folha louro;. sal e pimenta q.b.;200g de batatas às rodelas finas
Preparação:
1 - Coloque as amêijoas de molho em água e sal para retirar a areia. Escalde e pele os tomates, retire as sementes e corte em rodelas finas. Tire também as sementes ao pimento e corte-o em tiras. Corte as cebolas em rodelas finas e pique os alhos.
2 - Num tacho, coloque o azeite, a cebola e os alhos e deixe refogar sem alourar. Junte o tomate, o pimento e tempere com sal e picante a gosto. Deixe cozinhar um pouco e apague o lume.
3 - Deite metade da cebolada na cataplana, coloque o bacalhau cortado em cubos por cima e cubra com o resto da cebola. Coloque as fatias de presunto, os camarões, as amêijoas, o louro e o ramo de salsa.Acrescente as batatas às rodelas finas. Regue com o vinho do Porto, tape e leve ao lume por mais 10 minutos.

sábado, 14 de novembro de 2009

ABÓBORA RECHEADA COM FRUTOS DO MAR


Ingredientes:
1 kg de mistura de frutos do mar;1 abóbora de 1,5 kg; Azeite, sal, tomilho fresco e orégãos a gosto; 1 colher (sopa) de natas
Preparação:
1 - Retire a tampa da abóbora e remova todas as sementes;
2 - Com uma colher, extraia o seu recheio e cozinhe-o em água, até ficar mole;
3 - Escorra o recheio e com a ajuda de um garfo, reduza-o a puré;
4 - Frite a mistura de frutos do mar, numa frigideira com azeite quente. Aproveite para temperar com sal, folhas de tomilho e orégãos;
5 - Escorra os frutos do mar e reserve o molho na própria frigideira;
6 - Em fogo brando, adicione as natas ao molho, mexendo bem;
7 - Acrescente o puré de abóbora, até ficar tudo ligado;
8 - Por fim, junte os frutos do mar, misture tudo muito bem e retire do fogo;
9 - Recheie a abóbora com este preparado e decore com folhas de alecrim.

Nota: Para manter o recheio por mais tempo, leve a abóbora ao forno a 150°C, enquanto espera para ser recheada.
Para dar brilho à abóbora, pincele o seu exterior com óleo vegetal.

sábado, 12 de setembro de 2009

LINGUADO COM MANGA


Ingredientes (para 2 pessoas):
2 linguados;1 manga; farinha q.b.; sumo de meio limão; sal e pimenta q.b.; 5og de manteuga; 1 cálice de vinho do Porto seco; 1 colher(café) de mostarda.
Preparação:
1 - Amanhe os linguados e tempere-os com sumo delimão, sal e pimenta e polvilhe-os com farinha.
2 - Frite os linguados em manteiga.
3 - Descasque a manga, corte metade em fatias para decorar e pique a outra metade.
4 - Retire os linguados da frigideira e mantenha-os quentes.
5 - Salteie a manga picada onde fritou os linguados, regue com o vinho do Porto, deixe ferver até obter molho espesso e misture-lhe a mostarda.
6 - Coloque os linguados no prato, decore coma mang às fatias e deite o molho sobre o linguado
RECEITA DO CHEF LUIS ALVES

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

GANSO DE NOVILHO ESTUFADO COM UVAS


Ingredientes:
para o estufado:
ganso de novilho-3kg; azeite-1dl; chouriço-250g; alho-25g; cebola-450g; cenoura-200g; louro-2folhas; vinho branco-3dl; moscatel-3dl; tomate-6oog; sal marinho-q.b.; pimenta de moinho-q.b.
para a guarnição:
caldo de carne-2dl; cebola-220g; alho-3og; chouriço-170g; tomate pelado em cubos-350g
para as uvas caramelizadas:
azeite extra virgem-0,2dl; uvas-300g; Moscatel-1dl; salsa-q.b
Preparação:
1 - Faça um corte no centro da carne e recheie com chouriço inteiro. Tempere-a com sal e pimenta e core a peça de carne num fio de azeite bem quente.
2 - Adicione o restante chouriço, alho, cebola, cenoura e uma folha de louro. Molhe com os vinhos, deixe levantar fervura e adicione o tomate. Tape e deixe estufar durante cerca de duas horas e 45 minutos.
3 - Retire a carne, retire o resultado, adicione caldo de carne, cebola em cubos, alho laminado e chouriço em rodelas. Junte a carne e leve-a de novo ao lume durante 5 minutos. Por fim adicione o tomate pelado em cubos.
4 - As uvas core-as em azeite bem quente, molhe com o moscatel e deixe ferver, de forma a que o líquido ganhe uma textura caramelizada.
5 - Empratamento: disponha o resultado do estufado, assim como a guarnição, no fundo do prato. Coloque no centro uma fatia de carne.Guarneça com as uvas caramelizadas e perfume com folhas de salsa.
IMAGEM E RECEITA DO CHEF VITOR SOBRAL

domingo, 26 de julho de 2009

MAIGRET COM MOLHO DE GOIABADA E PURÉ DE MANDIOCA


Ingredientes:
Para o puré:
500g de mandioca sem casca, cozida e ainda quente; ½ xicara de natas; 50g de manteiga em cubinhos;sal
Para o maigret e para o molho
50g de manteiga; 1 cebola grande em cubinhos; 2 xícaras de caldo de galinha caseiro ( ou 1 cubinho dissolvido na mesma quantidade de água); ¾ de goiabada pastosa; suco de 1 limão; ½ xícara de cachaça; 4 maigrets; sal e pimenta
Preparação:
Nota: Maigret – peitos de pato sem osso, com pele e capa de gordura)
Preparação:
1 – Esprema a mandioca ainda quente, coloque numa tigela e, misturando com colher de cozinha, vá incorporando as natas e a manteiga aos poucos, mas sem mexer demais para não virar uma cola. Rectifique o sal
2 – Numa frigideira média, aqueça a manteiga e aloire a cebola. Acrescente o caldo e deixe ferver por 10 minutos, até reduzir para metade.
Acrescente a goiabada, o limão e a cachaça e deixe ferver mais um minuto:rectifique o sal e a pimenta e reserve
3 – Apare o maigret e com a ponta de uma faca bem afiada, desenhe um quadriculado na pele, tento o cuidado de não atingir a carne.
4 – Aqueça bem uma frigideira grande, coloque os maigrets com a pele voltada para baixo e aloure por uns 8 minutos, polvilhando de vez em quando com a gordura que se soltar. Vire, tempere com sal e pimenta e mantenha no fogo mais 2 ou 3 minutos.( os maigrets devem ficar macios e rosados por dentro).
5 - Transfira -os para um prato com o lado da pele para baixo, cubra com outro prato e deixe descansar por 10 minutos.
6 – Descarte a gordura da frigideira, junte o molho reservado e mexa para soltar o que estiver colado ao fundo. Quando ferver, adicione o suco escorrido da carne, durante o repouso, e sirva com o puré

sexta-feira, 17 de julho de 2009

DELÍCIAS DE LISBOA


Ingredientes:
20 gemas; 2 ovos; manteiga para untar
Para a calda:
750g de açúcar;0,5l de água; casca de 1 limão; 1 cálice de licor de laranja
Preparação:
1 – Forre o fundo de um tabuleiro de alumínio (30x20cm) com um rectângulo de papel vegetal untado com manteiga, dos dois lados. Aconchegue-o bem no fundo e unte também com manteiga as paredes do tabuleiro.
2 – Bata as gemas e os ovos(gema e clara) até obter um creme forte e volumoso.Deite-o no tabuleiro, alise e leve a cozer no forno a 16ºº, durante 15 a 20 minutos.
3 – Verifique se está cozido, retire e deixe arrefecer. Descole em volta e vire sobre a mesa (se não se descolar, aqueça o fundo do tabuleiro). Com muito cuidado retire o papel de forrar e corte o bolo em porções com aproximadamente 7cm de lado.
4 – Faça ferver o açúcar e a casca de limão, durante 5 minutos. Retire do lume, junte o licor de laranja e embeba as porções nesta calda, um de cada vez, com a ajuda de uma escumadeira.
Retire-os com cuidado e coloque-os em taças ou pratinhos individuais. Espalhe por cima o xarope que sobrar.
Decore com folhas tenras de laranjeira ou limoeiro, previamente lavadas e enxutas

quinta-feira, 9 de julho de 2009

MASSA DE CHOUX

Ingredientes:
60g de farinha sem fermento; 125 ml de água; 50g de manteiga sem sal, em cubos; 1 pitada de sal; 1 pitada de açúcar; 2 ovos
Preparação:
1 – Peneire a farinha sobre uma folha de papel vegetal. Leve a água, a manteiga, o sal e o açúcar num tacho ao lume até que a água comece a ferver. Retire do fogão e adicione toda a farinha de uma só vez.
2 – Misture bem com uma colher de pau. Leve novamente ao lume e mexa até se formar uma bola que se descola das paredes do tacho.
3 – Deite a massa numa tigela. Bata ligeiramente os ovos e, com a colher de pau ou uma batedeira eléctrica, adicione-o aos poucos à massa, batendo bem depois de cada adição.
4 – A mistura a usar é espessa, lisa e brilhante.

Nota: É essencial usar medidas exactas na confecção desta massa, já que demasiada humidade pode fazer com que eles não cresçam.
Não se deixe enganar pela cor dourada dos choux. Se as fendas ainda estiverem amarelas ou muito mais claras que o resto da massa é sinal de que eles ainda não estão cozidos. Baixe a temperatura do forno para 160ºC (gás 2-3 e continue a cozê-los).
Escolhe-se um forno vivo, termostato 6/6,5 (230ºC), para choux com a massa muito volumosa, mas pouco sólidos, que se deverão consumir no próprio dia. Em forno mais brando, termostato 5 (200ºC) os choux cozerão mais lentamente, crescerão menos, mais ficarão mais secos e sólidos

Retire a água a ferver do lume e adicione imediatamente toda a farinha peneirada


Leve novamente ao lume, mexendo com uma colher de pau até se formar uma bola que se descola dos lados do tacho


Transfira a massa para uma tigela e adicione gradualmente os ovos, batendo bem depois de cada adição


A mistura pronta a usar é espessa, lisa e brilhante

Untar umn tabuleiro metálico e formar os choux com a ajuda de duas colheres ou com um saco de pasteleiro. Podem fazer-se choux de tamanhos diversos, em forma de palitos, redondos..



sábado, 4 de julho de 2009

SALADA DE FRUTOS (MADEIRA)

Ingredientes:
1/2 ananás fresco;1 anona; 1 pêra abacate; 1 manga; 2 bananas; 1 kiwi; 1 maracujá; 4 colheres de sopa de melaço ou,se preferir, açúcar a gosto; 1 colher de sopa de sumo de limão; 3 colheres de sopa de vinho Madeira; 1/2 chávena de coco fresco
Preparação:
1 - Descasque o anamás e os restantes frutos e aproveite o sumo. Corte a polpa em pedaços. descasque a anona, retire as sementes e misture a polpa com o ananás. Descasque a pêra abacate, a manga, as bananas e o kiwi .
2 - Corte as primeiras em fatias, as bananas e o kiwi em rodelas. Misture todos os frutos e cubra com a polpa de maracujá.
3 - À parte misture o melaço (ou açúcar), o sumo de limão, o vinho Madeira e o sumo que aproveitou. Deite sobre a salada. Tape e guarde no frigorifico durante 1 hora, antes de servir
ETIQUETA -Cozinha portuguesa, sobremesas

sábado, 27 de junho de 2009

FILETES DE PEIXE-ESPADA COM BANANAS


Ingredientes:
12 filetes médios de peixe-espada preto; azeite; 3 colheres de sopa de sumo de limão; 2 dentes de alho; leite, 1 fio de azeite; sal; pimenta;farinha de trigo; 2 ovos; 6 bananas; manteiga, sumo de maracujá natural
Preparação:
1 – Com um pano grosso de estopa (parte grossa do linho), retire a pele preta do peixe. Corte o peixe em filetes médios.
2 – Disponha-os num pirex e tempere com sal, pimenta, sumo de limão, um fio de azeite, alho laminado e um pouco de leite. Tape e reserve no frigorifico durante uma hora
3 – Escorra bem os filetes, passe-os por farinha e, em seguida, pelos ovos batidos. Frite-os em azeite bem quente.
4 – Descasque as bananas e retire-lhes os filamentos. Corte-as ao meio no sentido do comprimento e aloure-as ligeiramente em manteiga
5 – Sirva as bananas com os filetes, regadas com sumo de maracujá
ETIQUETAS: COZINHA PORTUGUESA - Peixes

sábado, 20 de junho de 2009

BABA DE MOÇA


Ingredientes
500 g de açúcar; 2 chávenas de chá de água; 1 copo de leite grosso retirado de 1 coco ralado, ao qual se adicionou ½ copo de leite quente; 4 gemas; canela em pó
Preparação
1 – Misture a calda ( 1 copo de calda em ponto de fio) e os demais ingredientes numa vasilha e depois leva a lume fraco, mexendo até engrossar.
2 – Retire do fogo, deixe arrefecer um pouco, disponha em taças e polvilhe com canela
IMAGEM DAQUI

Outra versão: Fazer uma calda com o açúcar e o leite de coco. Deixar engrossar um pouco. Esfriar ligeiramente. Juntar as gemas. Levar rapidamente ao fogo e adicionar cravo e a canela em pó. Distribuir em tigelinhas

quinta-feira, 11 de junho de 2009

SOPA DA PEDRA


Ingredientes:
1 tigela grande de feijão vermelho;300g de orelha de porco; 300g de focinho de porco; 125g de toucinho magro (estes três últimos limpos e com sal); 1/2 chouriço de carne;1/2 chouriço mouro (morcela ou chouriço de sangue);1 fatia de presunto magro; 1 tomate; 1/2 folha de louro; 3 dentes de alho; sal e pimenta; 4 colheres de sopa de azeite;; colorau; 1 farinheira; 3 batatas; coentros.
Preparação:
1 - Demolhe o feijão com umas horas de antecedência.Numa panela grande com água, leve ao lume as carnes (bem lavadas para perderem o sal), o chouriço, o feijão, a cebola cortada em meias-luas, o tomate picado, o louro e os alhos descascados e moidos.Tempere com sal, pimenta, azeite e uma pitada de colorau.
2 - Quando ferver, tape a anela e cozinhe em lume brando até tudo ficar macio e apurado. à parte coza a farinheira (e o chouriço de sangue, se for o caso).
Retire as carnes e corte-as em pedaços pequenos. No caldo deite as batatas descacadas e cortadas em quartos e uma boa porção de coentros picados ou atados, como preferir.
3 - Acabe de cozinhar e rectifique os temperos. Sirva a sopa com as carnes e os enchidos cortados em rodelas.

MAGUSTO COM BACALHAU ASSADO


Ingredientes:
750g de bacalhau; 2 mãos cheias de couve portuguesa; azeite;4 dentes de alho;350 de pão de milho;300g de pão de trigo; sal
Preparação:
1 - De véspera demolhe o bacalhau, mudando a água duas ou três vezes.Separe as partes mais grossas e reserve. Coza as partes mais finas, limpe de peles e espinhas e divida em pequenas lascas.
Lave as folhas de couve, ripe-as à mão, sem utilizar a faca, e coza-as em água temperada com sal
2 - Cubra com azeite o fundo de um tacho de barro. Junte-lhe os alhos descascados e pisados. Quamdo alourarem, retire-os. Junte à gordura a água de cozer o bacalhau, passada por um passador.
3 - Disponha, em camadas alternadas, fatias finas de pão de milho, bacalhau limpo e fatias de pão de trigo.Repita as camadas até terminarem os ingredientes. Bata tudo com uma colher de pau e rectifique o sal.Deite as couves no tacho, misture e apure bem.
4 - Entretanto, asse o bacalhau que reservou. Acompanhe o magusto com bacalhau assado

terça-feira, 2 de junho de 2009

PUDIM DE MANDIOCA

Ingredientes:
1kg de mandioca;2,5 chávenas de açúcar; 3 colheres de sopa de amido (maizena); 3 colheres de sopa bem cheias de manteiga; canela em pó; 3 ovos; 1 colher de sopa de fermento em pó; 1 chávena de leite; 1 pitada de sal
Preparação:
1 – Cozinhar a mandioca, retirar as fibras e, ainda quente, amassar com um garfo devendo perfazer um prato de mesa bem cheio de massa. Acrescentar a manteiga e misturar bem
2 – Em seguida, juntar as gemas, o açúcar e misturar. Acrescentar o amido, o fermento, o sal e o leite. Estando tudo bem misturado, juntar as claras batidas em castelo, misturar e, em seguida, colocar em forma de bolo, untada com manteiga e polvilhada com açúcar.
3 – Cozer em forno quente.
4 – Estando cozido, retirar da forma e polvilhar imediatamente com açúcar e canela. Sendo servido ainda quente, é ainda mais saboroso

domingo, 31 de maio de 2009

ABACATE COM LAGOSTA À MODA DA MÃE


Ingredientes:
4 abacates; 1 lgosta média; 1 limão;1 colher de sopa de mostarda;gelo moído q.b.
Preparação:
1 - Cortam-se aos abacates ao meio no sentido do comprimento,com muito cuidado para não furar a casca.Retira-se a polpa para uma tigela, e esmaga-se muito bem com a ajuda de um garfo.
2 - Tempera-se com a mostarda, sumo de limão e os corais da lagosta, se os houver.
3 - Mistura-se muito bem este creme obtido com a lagosta cozida ( de preferência em água do mar) e cortada aos pedacinhos.
4 - Recheiam-se as cascas do abacate com esta mistura e decoram-se com uma rodela de limão
Levam-se a gelar e servem-se bem frias em cima do gelo moido.
NOTA: Imagem de abacate recheado com camarão. Oportunamente colocarei aqui a foto devida

sábado, 30 de maio de 2009

PAPOS DE ANJO


Ingredientes:
8 gemas; 2 claras; 1 colher de sobremesa de farinha com fermento; Margarina; 350g de açúcar; 2,5 dl de água; 1 pau de canela; 1 casca de limão;=,5dl de vinho Madeira
Preparação:
1 - Bata energicamente as gemas até obter um creme fofo e esbranquiçado. Adicione cuidadosamente a farinha peneirada e as claras batidas em castelo firme.
2 - Deite em dorminhas de queque untadas com margarina. Coza em fogo moderado (200º) cerca de 10 minutos.
3 - Leve a ferver o açúcar com a água, o pau de canela e a casca de limão durante 10 minutos. Retire a casca do limão e, fora do lume, adicione o vinho da Madeira. Introduza os papos de anjo, enquanto quentes, nesta calda.
4 - Retire-os com uma escumadeira para um prato de serviço fundo. Ferva a calda mais 5 minutos para espessar e deite-a sobre os papos de anjo

sexta-feira, 29 de maio de 2009

MANDIOCA É BOM DEMAIS


Tem muita coisa que se acha que é brasileira mas não é, veio de algum canto das Américas, da África ou da Ásia tropical e acabou se adaptando tão bem à nossa terra que passa por nativa; outras coisas são nativas do Brasil, mas aparecem do mesmo jeito em outros lugares de clima semelhante. É o que acontece com o coco, o amendoim, o quiabo, o abacaxi, o maracujá, a manga, o tamarindo, a pitanga, a goiaba e as diferentes espécies de banana. Mas com a mandioca, não tem conversa, ela é brasileiríssima e ponto, ninguém duvida, e daqui foi para os outros cantos do mundo.
A verdade é que, há mais de 500 anos, a mandioca aparece na mesa de tudo quanto é brasileiro, do mais pobre ao mais rico, nas refeições mais caseiras ou nas comemorativas, e, às vezes, como única coisa que se tem para comer, já que muita gente passa o dia à base de mandioca cozida com melado, rapadura, requeijão ou manteiga e farinha com uma caneca de café bem doce ou uma tigela de polpa de açaí (excertos de "Entre Panelas e Tigelas" de Heloisa Bacellar -Brasil)

quarta-feira, 27 de maio de 2009

MANIÇOBA DA DONA COLÔ DO MERCADO DO VER-O-PESO


Ingredientes:
3Kg de maniva pré-cozida(folhas de mandioca moída); 1kg de bacon; 1kg de carne seca; 200g de paio; 200g de linguiça (calabresa); 200g de costeleta de vaca, salgada; 200 g de pézinhos salgados (fac.); óleo para refogar; 2 cabeças de alho picadas; 4 cebolas grandes picadas; 2 ramos-de-cheiro picados; 2 pimentos verdes picados; colorau; sal e pimenta q.b.
Preparação:
A MANIVA
Cozinhe, as folhas de mandioca, com o bacon, em fogo lento e mexa de vez em quando.
A MANIÇOBA
1 – Escalde as carnes salgadas, para que percam todo o sal.
2 – Pique todas as carnes.
3 – Junte-as com a Maniva já cozida.
4 – Deixe ao lume até que as carnes fiquem bem cozidas e macias.
5 – Noutra panela, coloque um pouco de óleo e refogue o alho, a cebola, o ramo-de-cheiros, pimentos, colorau, sal e pimenta.
6 – Depois, junte com as carnes.
7 – Deixa cozinhar por cerca de 20 minutos, mexendo bem para que o tempero “pegue” em todas as carnes


sábado, 9 de maio de 2009

MORCELA ASSADA COM CHUTNEY DE MANGA


Ingredientes:
2 morcelas; azeite. Para o Chutney:1 noz de manteiga; 100g de manteiga em cubos; 100g de maçã Granny Smith em cubos;1c.(café) de gengibre picado;1c.(sopa) de açúcar; vinagre de cidra q.b.
Preparação do chutney:
Derreta a manteiga num tacho e acrescente as frutas em cubos e o gengibre picado.Mantendo sempre em lume brando, junte o açúcar e o vinagre.Deixe cozinhar até a manga começar a desfazer-se e a maçã a amolecer. Se desejar acrescente um pouco mais de vinagre. Deixe arrefecer. Sirva quente ou frio.
Preparação da morcela
1 - Salteie a morcela detodos os lados numa frigideira antiaderente com um fio de azeite. Retire e leve ao forno pré-aquecido, a 160º.Acompanhe de imediato com o chutney de manga.

NOTA:Receita do Chefe, português, José Avilez

quinta-feira, 7 de maio de 2009

QUIABO COM CARNE PICADINHA


Sabores com Raízes Nacionais

No Brasil do início do século XX, a culinária, muitas vezes de mãos dadas com a literatura, delineou o imaginário e ajudou a moldar o que se convencionou chamar de identidade nacional. Nesse contexto, Monteiro Lobato era a voz do interior, que buscava o gostinho das raízes nacionais. Paulista de Taubaté, conservou o gosto pela comida caipira, que aparece em constantes referências em seus textos.
(Também Eça de Queiroz nos fala dos prazeres da mesa. A isto voltaremos quando falarmos de cozinha portuguesa)
Quiabo com Carne Picadinha



Ingredientes:
½ kg de quiabo; ½ kg de carne picada; 2 tomates; ramo-de-cheiros; 1 folha de louro; 2 dentes de alho esmagados; e1 colher de sopa de cebola picadinha; sal e pimenta
Preparação:
1 – Numa panela, refogue a carne com os temperos, o sal e o tomate sem pele e picado.
2 – Entretanto, lave os quiabos e corte as extremidades.
3 – Para tirar a viscosidade dos quiabos, ponha-os de molho em água com um pouco de vinagre e sal; em seguida, dê uma fervura rápida nessa mesma água.
4 – Escorra e coloque os quiabos na panela do refogado de carne para que fervam juntos, amolecendo e tomando gosto. Deve ficar com um pouco de molho.
5 – Sirva com angu de fuba (farinha de arroz, milho ou mandioca)

NOTA:Os quiabos, sendo grandes, podem ser cortados ao meio, antes de dar a fervura com água. O limão faz o mesmo efeito do vinagre

domingo, 26 de abril de 2009

PETITCHEF, UM SITE QUE RECOMENDO

Todas as receitas estão no Petitchef


Petitchef é um site construído de e para os amantes de gastronomia e dos prazeres da mesa.
Integra blogues de muito qualidade que divulgam a cozinha tradicional, internacional e as novas tendências.
Ao criar o Navegando com Sabores pretendi partilhar,com outros, a minha paixão pela cozinha dos países de língua portuguesa. Integrado no Petichef, que é um site que oferece e disponibiliza imensos recursos, este Blogue poderá cumprir melhor o seu objectivo

sábado, 18 de abril de 2009

PEIXE EM LISBOA (Lisbon fish & flavours)




Durante nove dias, o Peixe em Lisboa permitirá a todos os visitantes a apreciação de inovadoras criações gastronómicas à base de peixes e mariscos, num ambiente descontraído e que convida à partilha entre família e amigos. Ao entrar no Peixe em Lisboa poderá ainda participar nas grandes apresentações gastronómicas, conhecer os melhores restaurantes da região e o trabalho de grandes chefes de cozinha, desfrutar de animação e música ao vivo, ler um livro ou provar um bom vinho.
O Peixe em Lisboa é uma organização da Associação de Turismo de Lisboa e da Câmara Municipal de Lisboa, com produção da Essência do Vinho.
PROGRAMA OFICIAL: (download). Receitas dos chefes presentes, aqui
Ediçãode 2009 18 - 26 Abril
Pavilhão de Portugal –Parque das Nações
Todos os diasdas 12:00 às24:00
Domingo(26-4)das 12:00 às 19:00

quarta-feira, 15 de abril de 2009

A COZINHA É UM LABORATÓRIO

"A cozinha é um laboratório", que já passou pelo Pavilhão do Conhecimento, no Parque das Nações, e pelo Fórum Ciência Viva, continua a despertar interesse!
A Gastronomia Molecular, por seu turno, e que já tivemos oportunidade de aqui a abordar, estuda todos os tipos de cozinha e o conhecimento obtido permite compreender e melhorar também todas as cozinhas, das mais tradicionais às mais vanguardistas, em qualquer país ou continente. Para além da sua contribuição para optimizar resultados, o conhecimento produzido por esta ciência também permite a introdução de técnicas culinárias inovadoras. Este aspecto, embora não constitua o principal objectivo, é o que mais desperta a atenção e o interesse. Confira aqui.

No site do Pavilhão do Conhecimento encontrará receitas e outros materiais que têm sido produzidos por investigadores durante as várias edições da iniciativa A cozinha é um laboratório: O Peixe na cozinha, a caldeirada, aventuras da água no microondas (e outros) aqui

terça-feira, 7 de abril de 2009

OLHÃO ORGANIZA VILA DE AMÊIJOAS


Vila de Amêijoas» é um evento gastronómico já tradicional em Olhão.
Durante quatro dias, vai recordar-se na "Vila das Amêijoas", em Olhão, a tradição das "amêijoas na pedra", forma como os pescadores as cozinhavam antigamente.
A iguaria era cozinhada sobre uma chapa, com uma pedra no centro, à volta da qual se colocavam os bivalves, cobertos depois com caruma dos pinheiros, que se deixava a arder.
A iniciativa, que acontece há cerca de doze anos, decorre entre a próxima quinta-feira e domingo, coincidindo com o fim-de-semana da Páscoa.
O evento, organizado pela Formosa, Cooperativa de Viveiristas da Ria Formosa e Câmara de Olhão, realiza-se no Jardim Pescador Olhanense


sábado, 21 de março de 2009

BOBÓ DE CAMARÃO

Ingredientes: 2kg de camarão; 1 kg de mandioca; 2 cebolas médias picadas; 4 colheres de sopa de óleo; 500g de tomate sem peles e sem sementes, cortado ao meio; 2 colheres de sopa de coentros picados; 1 chávena deleite de coco; ¼ de chávena de óleo de palma; sal e pimenta, q.b.

Preparação:
1 – Limpe os camarões e reserve as cascas
2 – Descasque a mandioca e cozinhe em água e sal, juntamente com as cascas. Caso a mandioca tenha fibras mais duras, retire-as
3 – Numa caçarola, aloure ligeiramente a cebola. Junte o tomate e refogue bem. Acrescente os camarões, o sal, a pimenta e os coentros. Baixe o lume. Tape a caçarola e cozinhe até que os camarões estejam cozidos.
4 – Junte a massa de mandioca, o leite de coco e o óleo de palma. Cozinhe mexendo sempre , sobre fogo bem baixo e não ferva
5 - Sirva o Bobo de camarão com arroz à crioula

segunda-feira, 16 de março de 2009

ARROZ PILAF


Ingredientes:
1 medida e meia de arroz basmáti; o dobro de caldo de galinha; 1 cebola picada 1c. de café de cominhos; 1,5 c. de chá de açafrão-das-índias; amêndoas laminadas, q.b.; sal e pimenta, q.b.; manteiga q.b.
Preparação:
1 - Aloure, previamente, as amêndoas, em manteiga
2 – Num pouco de manteiga, aloure a cebola picada, adicione ao arroz e refogue até ficar transparente.
3 – Junte o caldo de galinha, o açafrão, os cominhos, acanela e as amêndoas e tempere com sal. Mexe-se, deixa-se levantar fervura e tapa-se, ficando a fervinhar devagarinho durante um quarto de hora sempre tapado
4 – Decora-se com paus de canela e serve-se, quente

quinta-feira, 5 de março de 2009

BIFES COM MOLHO À CAFÉ


Ingredientes:
4 bifes (vazia, lombo ou pojadouro);sal, pimenta, alho laminado e louro,cubos de bacon;1 chávena de café expresso( mal cheia);1 colher de chá de mostarda antiga(ou 1 colher de café de mostarda corrente);natas q.b;1 cálice de licor de café ( ou Porto);manteiga clarificada q.b.

Preparação:
1 - Deite numa frigideira uma colher de manteiga clarificada. Quando a gordura estiver bem quente, junte o alho e, quando loiro, retire-o. Aloure rapidamente o bife dos dois lados. Reduza o calor e tempere o bife com sal grosso e pimenta preta moída na altura. Frite-os mais um minuto de cada lado. Retire-os e conserve-os em sítio quente.
2 - Corte o bacon em cubinhos e salteie-o na gordura de fritar os bifes.Deite fora uma boa parte desta gordura. Ponha de novo a frigideira ao lume.Estando quente, refresque com 1 cálide de Porto, agitando a frigideira, em circulo.
3 - Junte o café e a mostarda . Volte a colocar os bifes e junte as natas. Deixe engrossar o molho agitando sempre
Acompanhe com batatas fritas em palitos e uma salada verde

sábado, 28 de fevereiro de 2009

CHANFANA





A chanfana é um prato de Portugal, típico da Beira Litoral. É um dos pratos tradicionais mais famosos, cozinhada nos caçoilos de barro preto do Olho Marinho concelho de Vila Nova de Poiares. Este concelho constituiu a Confraria da Chanfana e possui o registo da marca: Vila Nova de Poiares Capital Universal da Chanfana

Ingredientes: 3kg de carne de cabra; 150g de toucinho; 1dl de azeite; 1 colher de sopa de banha; 1 cebola; 5 dentes de alho;, 2 colheres de chá de pimenta; 1 colher de chá de colorau; 1 ramo de salsa; ½ folha de louro; sal; noz-moscada; 1 a 1,5 litro de vinho tinto maduro de boa qualidade.

Preparação:
1 – Corta-se a carne em bocados, que se colocam num tacho de barro preto do Olho Marinho ou de Molelos .
Juntam-se todos os ingredientes citados, à excepção do vinho, que apenas deve ser o suficiente para cobrir a carne.
2 – Coze-se a chanfana num forno muito quente que deve ser aquecido até ao máximo da sua potência meia hora antes de se introduzir o preparado.
Assim, introduz-se a caçoila tapada e “esquece-se” até o forno esfriar o que leva entre 4 a 5 horas. A meio deste tempo, convém verificar se é necessário adicionar mais vinho
3 – Antes de comer aquece-se bem a chanfana e serve-se na caçoila em que cozeu, com batatas cozidas em água e sal à parte.

NOTA: O animal escolhido tem de ser adulto e será cozido de preferência no forno de pão dentro de um tacho de barro preto de Molelos. Nunca deverá ser feito no dia em que é servido, mas na véspera ou antevéspera, aquecendo-se muito bem antes de se servir.
A chanfana à moda de Coimbra confecciona-se com carne de borrego tenro e gordo.
A partir do momento em que entrou no forno, a carne não deverá ser mais mexida, adicionando-se apenas o vinho necessário para impedir que se queime. O tempo de cozedura vai de 3 a 4 horas, conforme a idade do borrego

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

SUMO ANTI-BABALAZE (ANTI-RESSACA)


Ingredientes
1 maçã média descascada;½ decenoura descascada;1 talo pequeno de aipo (ou salsão);sumo de 1 laranja
Preparação:
Pique a maçã, a cenoura e o aipo e bata no liquidificador junto com o sumo de laranja ou a água de coco
NOTA:É recomendado que se tome até 3 copos por dia.
Adaptação de receita de Cliqueagosto

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

SPAGUETTI COM CAMARÕES, ALECRIM E LIMÃO


Ingredientes: 200g de miolo de camarão médio;250g de spaguetti,2 colheres de sobremesa de folhas de alecrim; 4 dentes de alho picados; sal e pimenta, q.b.; Raspa de limão q.b.;whisky q.b.;Azeite q.b.
Preparação:
1 – Tempere os camarões com sal e pimenta. Numa frigideira frite o alho em azeite, quando estiver dourado junte os camarões, deixe saltear durante 2 minutos e refresque com um pouco de whisky.
2 – Cozinhe mais quatro minutos mexendo de vez em quando. Entretanto cosa a massa em água a ferver (em cachão) temperada com sal e um fio de azeite.
3 – Escorra e adicione aos camarões, salteie ao mesmo tempo que envolve os camarões na massa.Adicione as folhas de alecrim e a raspa de limão. Sirva de imediato

NOTA: Inspirada na Blue Cooking

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

BOLO DE WHISKY


A propósito do bicentenário do Nascimento de Charles Darwin e o 150º aniversário da publicação do livro “A Origem das Espécies”,junte-se à festa e venha "cantar os parabéns" no dia 12 de Fevereiro, dia em que Darwin faria 200 anos de existência. Poderá provar um bolo que o próprio Darwin comia, feito pela sua mulher Emma - Bolo de Whisky.
A decoração do bolo fica ao critério de cada um, desde que tenha 200 velas para soprar! Aproveite e comemore também em sua casa.
A receita é uma versão simplificada do Bolo de Frutas Inglês, que melhora à medida que vai envelhecendo; foi optimizada, na altura, pela própria Emma Darwin para se poder levar para o campo sem se desfazer.

Ingredientes:
225 g manteiga; 225 g açúcar (poderá ser açúcar amarelo ou açucar fino – este último não é açucar em pó, mas é mais fino do que aquele que colocamos no chá; é utilizado pelos americanos)
2 ovos ; 75 ml brandy ; 2 colheres de sopa (30 ml) de sumo de laranja ; 225 g fruta cristalizada
280 g farinha com fermento

Preparação:
1. Juntar a manteiga, o açúcar, a fruta cristalizada, o brandy e o sumo de laranja.
Misturar cuidadosamente durante 5 minutos.
2. Entretanto, untar (ou colocar papel apropriado) uma forma de 20 X 20 X 5 cm.
4. Aquecer o forno para 160ºC
5. Juntar os ovos à mistura
6. Amassar a mistura com a farinha
7. Colocar a mistura na forma.
8. Cozinhar durante cerca de 1 hora (testar se está pronto - a partir dos 45 min.)
9. O bolo deve ser arrefecido na forma.

Nota:O bolo pode ser comido na altura, ou deixar-se a maturar durante 1 dia ou 2.
Retirado do site de A Ciência Viva e o Conselho de Laboratórios Associados